José Mourinho desmontou o crime que seria não dar a Bola de Ouro a Cristiano Ronaldo, numa análise brilhante onde explica detalhadamente a injustiça que será se Messi ganhar novamente o prémio.