São os mais desportivos, os mais rápidos, os mais exclusivos... e, obviamente, os carros mais caros do Mundo.

Todos dizemos que quando nos sair o Euro Milhões ou a lotaria vamos comprar um carro caro, que seja confortável e bastante veloz. Contudo, um primeiro prémio no Euro Milhões ou na lotaria pode não ser o suficiente para garantir um destes veículos na nossa garagem. Meus amigos, estes são os 10 carros mais caros do mundo. Podem sonhar à vontade.

10. Koenigsegg Regera: 1.750.000 euros

Koenigsegg Regera

Trata-se de uma edição limitada a 80 unidades de um modelo híbrido apresentado há menos de um ano pela marca sueca, do qual já se venderam metade da produção prevista. O Regera foi criado com o objectivo de ser um super desportivo prático... mas as suas prestações são de loucos! Conta com um motor V8 5.0 Twin Turbo a gasolina, ao qual se juntaram 3 motores eléctricos, dois à frente, nas rodas dianteiras, e um atrás para ajudar na potência ao motor de combustão interna. No total são 1782 cavalos e 2000 Nm de par. Adicionalmente, não tem caixa de velocidades. Uma verdadeira obra de engenharia…que se pensarmos bem, é capaz de não ser assim tão caro.

9. Lamborghini Sesto Elemento: 2.100.000 euros

Lamborghini Sesto Elemento

Recebe o seu nome pela posição do carbono na tabela periódica, e claro... está repleto de carbono um pouco por todo o lado. Trata-se de um super desportivo com somente 999kg, e tem um motor V10 de 5,2 litros e 610 CV. Nasceu como protótipo, mas os elogios foram tantos que a direção da Lamborghini decidiu avançar para a produção limitada de 20 unidades. Diz-se que a sua valorização continua a subir...

8. Bugatti Chiron: 2.200.000 euros

Bugatti Chiron

O Chiron não podia faltar nesta lista. Apresentado este ano, é o modelo que pretende rebentar com todas as estatísticas: veículo de estrada com mais potência (1500cv), maior par (1600 Nm) e maior velocidade de ponta (464 km/h)... e com limitação electrónica. Temos "medo" de pensar no preço que as futuras séries especiais e outras evoluções possam ter...

7. Ferrari F60 America: 2.200.000 euros

Ferrari F60 America

Edição limitada a somente 10 unidades. A Ferrari criou este veículo à dois anos como auto homenagem aos 60 anos de presença nos Estados Unidos. A sua estrutura é baseada no Ferrari F12, e pretende recordar modelos descapotáveis icónicos como o 275 GTS. Comparado com o original, conta com diversos detalhes que o distinguem como é o caso da carroçaria nova com um tom azul especial e pelos bancos diferenciados pela cor (vermelho e preto). São 730 cavalos de prazer num motor V12 de 6.3 litros.

6. Koenigsegg One:1: 2.500.000 euros

Koenigsegg One:1

Só se produziram sete unidades, incluindo o protótipo, deste veículo destinado a superar em tudo o Bugatti Veyron. Lançando em 2014, as sete unidades esgotaram num piscar de olhos. Na traseira esconde-se um motor de 1360 cavalos para um total de... 1360kg, o que significa que a relação peso/potência é superior a de muitos carros de competição. Não surpreende, visto que muitas das técnicas utilizadas têm origem na Fórmula 1. Por outro lado, a aerodinâmica empregue tem a sua origem nos veículos que competem em Le Mans.

5. Pagani Huayra BC: 2.600.000 euros

Pagani Huayra BC

Huayra significa vento, e é assim que podemos imaginar o empenho que foi colocado no seu desenho. O seu coeficiente aerodinâmico é de somente 0,31cx. Conta com um motor V12 biturbo de origem Mercedes com 730 cavalos e um par superior aos 1000Nm. O seu chassis é em fibra de carbono, assim como muitos dos detalhes no interior. Tudo chama a atenção neste carro. A sua produção foi limitada a 100 unidades. Nós não somos donos de nenhum.

4. W Motor Lykan HyperSport: 3.000.000 euros

W Motor Lykan HyperSport

É seguramente o modelo mais exótico desta lista... nem que seja pela sua origem: Líbano! Tem um motor boxer de seis cilindros biturbo com 770 cavalos e é extremamente leve: 1380 kg. O seu potencial é tão grande que dos 0 aos 100 km/h necessita de 2,8 segundos. Não se comercializa nem na Europa nem nos Estados Unidos... somente nos países árabes. Este argumento só acrescenta mais exotismo a este modelo.

3. Bugatti Veyron Grand Sport: 3.100.000 euros

Bugatti Veyron Grand Sport

Foi o veículo de estrada mais rápido do planeta por muito tempo. A sua velocidade máxima ficou estabelecida em 431 km/h, apesar de se pensar que poderia ser superada. O seu grande problema foram os pneus, porque foi difícil encontrar um fabricante capaz de desenvolver borracha que suportasse com facilidade velocidades acima dos 300 km/h e que conseguisse sobreviver à barreira dos 400 km/h. O motor mete medo: 16 cilindros dispostos em W com 1001 cavalos. O Veyron foi o símbolo da exclusividade no mundo automóvel durante muito tempo. Não é o carro mais caro para comprar, mas é o mais caro para manter.

2. Lamborghini Veneno Roadster: 4.000.000 euros

Lamborghini Veneno Roadster

Esta é uma edição limitada criada por um motivo muito especial. Tendo como base um "modesto" Aventador, criou-se um novo modelo que comemora o 50ª aniversário de uma marca que nasceu para demonstrar a Enzo Ferrari que era possível construir desportivos sem falhas. O tempo talvez tenha dado razão. O motor é um V12 de 6,5 litros com 750 cavalos. A velocidade máxima é de 355 km/h.

1. Koenigsegg CCXR Trevita: 4.250.000 euros

Koenigsegg CCXR Trevita

O Koenigsegg CCXR Tevita é o carro mais caro do mundo, e surgiu graças à intenção da marca sueca pretender criar um veículo para um mercado global. Não o fizeram a pensar no preço, na mecânica ou nos consumos. Preocupados com as regulamentações ambientais da maioria dos países onde pode circular, o seu motor foi desenvolvido com a possibilidade de funcionar somente com gasolina de 91 octanas. Quando assim é, a sua potência de 806 cavalos baixa consideravelmente. O seu motor é um V8 de 4.7 litros com 920Nm de par e é capaz de alcançar os 300 km/h em 29,2 segundos.