Confere só a dica usada por um gajo no Tinder:

"Jules, isto é simples. Há duas maneiras de fazermos isto. A primeira: podia-te convidar para sair e podíamos ter um almoço romântico. Ao início ia parecer um pouco estranho, visto que nos conhecemos no Tinder, mas quando te apercebesses que eu era um gajo carismático e engraçado, ias-te sentir muito mais à vontade na minha companhia e ias apreciar.

A partir daí as coisas iam rolar naturalmente. Encontros frequentes que iam levar a um relacionamento em que gostávamos um do outro e aproveitávamos a companhia um do outro. Eventualmente ganhava coragem e pedia-te em casamento. Iamos viver juntos. Depois de engravidares deixavas o teu trabalho e eu segurava as pontas lá em casa com o meu ordenado. Claro que com a vinda do segundo filho as coisas iam descambar. Só ias ter tempo para eles. Eu ia trabalhar diariamente para nos sustentar e o amor que existia na relação ia desvanecer. Eu ia começar a ter affairs e tu eventualmente ias descobrir. Por fim, o divórcio. Ficavas com os miúdos e acordávamos que eu os podia ver aos fins de semana. As pobres crianças iriam crescer com os seus pais a odiarem-se.

Não era justo para eles, o que me leva à segunda maneira de fazermos isto: damos uma rapidinha e usamos preservativo. Toda a gente fica a ganhar. Pensa nos miúdos, Jules."

Esta é a Jules (a do meio):

O maior rei do Tinder

Aqui fica o chat original:

O rei do Tinder O maior rei do Tinder