No verão de 1999 um filme de muito baixo orçamento tornou-se um fenómeno mundial: O "The Blair Witch Project" foi um marco na história do cinema de terror.

A sequela, que estreia esta semana em Portugal, parece honrar a tradição.

Quem já viu diz apenas isto: "a última meia hora de filme é puro e ininterrupto TERROR. Não me lembro de alguma ter visto uma sequência tão longa em que o medo fosse tão real. Durante aqueles 30 minutos, à espera de ser assustado, não se respira tranquilamente por um segundo."